10 de setembro de 2008

Escrito, Não Enviado, Não Dito [Ainda]

Querido Felipe,

O tempo parece passar mais rapido do que eu mesmo posso contar. Isso é bom? Conhecer você me fez perceber que as viradas do relogio andam na velocidade correta pro nosso coração. Houve um tempo em que eu acreditei piamente que os dois [sim, juntos] iriamos enfrentar tudo aquilo que me incomodava tanto quanto a você. Toda a desculpa que eu tenho hoje para não nutrir sentimentos ruins em relação a você é que tive a sorte de ter um amigo por perto para me ajudar a me descobrir. Essa desculpa também serve para tentar explicar porque nao consigo confiar 100% em todo mundo logo de cara. No final do dia, eu sempre vou me perguntar como se desenrolou esse processo todo pra você. O número de músicas que lembram você, as pessoas que me remetem diretamente a você, os lugares que eu passei com você. Tudo misturado na minha cabeça. Hoje eu consigo voltar lá atrás. Sem muita frequência e com variações de reação. Acho que devia ter dito que te amava. Mas não o fiz. Só senti muito. Vou guardar essa nota mental para o que me aguarda.


Querido Fernando,

Que saudade! Do cheiro, do suor, do sorriso e da falta de compromisso. Eu contei em algum lugar que tive uma experiencia que tangia pelo vértice da descoberta e novidade incessante. Ainda bem que estava muito longe de casa. Foi junto de você que eu vi um Luan que apareceu só naquela terra. Lembro das minhas pernas bambas com um medo gigante de tudo o que tava acontecendo. E por outros motivos. Lembro de como eu curti tanto um dia que aparentemente não iria me interessar aqui onde eu moro. E do dia que eu quase afoguei na piscina. E você estava lá. Situações desconfortáveis faziam sentido perto de você. Mas os dois sabem que só seria isso. É por isso que valeu a pena, pelo sexo, pela parceria e pela certeza de que a gente não ia manter contato.

Querido Alexandre,

Fiquei afim de você por todas as razões erradas. Fiquei afim porque você me segurou uma hora na sala de bate papo.
Fiquei afim talvez porque você tem um sotaque engraçado no telefone. Fiquei afim também porque você me fez rir de coisas que eu rio sem um pingo de vergonha. Fiquei afim possivelmente porque você mora longe e as propabilidades de machucar ou manchar algo legal são menores. Menores. Não, de maneira alguma, remotas. E as probabilidades tem uma preferência por pessoas como eu. Comedidas demais e sonhadoras demais, quem sabe. E a mancha tá bem clara hoje ainda. Nunca é uma palavra forte pra mim em relação a sentimentos como esses. Antes fosse experiência. Ou antes não fosse. Mas o valor que eu dou a mim hoje é maior do que já foi um dia e por isso tudo, acho dificil confiar em você. Eu aqui não me enxergo muito digno de muitos esforços para que seja reconquistado. Isso nem é um recurso pra você achar que sou inalcançável, não. Mas ou eu me acostumo a reduzir meus níveis de expectativas ou você supera elas. De novo.

Querido Jonanthan,

Acredito que todo mundo está em busca deliberada por sossego. Saimos por aí bebendo espiritos e idealismos na esperança de encontramos um pra gente. Todo mundo deseja encontrar alguém muito especial, mas nesse processo é muito fácil esquecer que somos especiais também. E isso acontece com você. Seja pra ser amigo ou pra qualquer coisa. Sua necessidade de ter alguém
Você tem o hábito de dizer o que quer mas não querer dizer o que você fala. E é irresistível. Quem sabe se eu tivesse a sua idade. Quem sabe se você não fosse tão gostoso e perdidamente convidativo para algo que eu já nao me permito faz tempo. E nem é pelo sexo. Que nao aconteceu. Ainda bem. Mas pela palpitação no meu coração que merece ser bem mais seletiva.

8 comentários:

Mabe disse...

Se conselho fosse bom, não dava, vendia....mas...

meu....diz tudo isso para cada um deles....melhor que tu tens a fazer.

Bjs.

Beto disse...

Cada carta destinada falava um pouco da minha vida... talvez eu perdi muito tempo com muitas coisas, ou até mesmo demorei um bom tempo pra me valorizar em atraso tempo.Mas hoje nem sei o que sinto... talvez não acrdita em muitas coisas... adoro o blog de vcs!!! bjuss!

minininho_badboy disse...

Agora vc me fez lembrar de todas as coisas que escrevi, mas nunca foram entregues ou ditas..

Tah na hora de abrir meu bau e tb dizer tudo o que eu sinto para as pessoas que sempre guardei sentimentos..

Bjao!

Clebs disse...

O que não foi enviado ou dito, nunca aconteceu e serve de desabafo.

Neste caso, um dos desabafos para si mesmo mais bem elaborados que já vi. E para ser franco, usaria um deles para expressar o meu próprio...

Afinal, estou mais do que cansado de segurar o ar.

Wagner disse...

O melhor foram as sugestões platônicas da última epístola =) Abraços!

Uillow disse...

É meu caro! Parece que hoje é o dia das lembranças. Só que no meu caso, eu tava pensando numa menina que eu fiquei quando era mais novo e que a magoei profundamente. Será que a encontro pra conversarmos algum dia?

Ah... e o show da Kylie eu baixei por torrent. Aqui vai o link: http://www.mininova.org/tor/1701001

Abração!

Râzi disse...

Gente... eu sou meio burrinho... vc está paquerando esse monte de gente???

Menino... cuidado... pode se quebrar!!!

O problema ai não é dar errado com todos.. é dar certo com vários!

Beijão!

TEAGO S. A. disse...

nunca escrevi uma carta de amor...
expresso os meus sentimentos mais em letras de musicas...

Related Posts with Thumbnails