23 de setembro de 2009

Sobre o cansaço...

Com uma paciência e aceitação somente aparentes, eu aproveito os dias que eu não imaginava suportar há pouco tempo atrás. Quando viver em função dos questionamentos se ele era o cara certo me consumiam o suficiente pra não querer descansar.

Enquanto isso, do outro lado do planeta há inúmeras coisas acontecendo as quais não tenho nem mesmo a mais pretensiosa vaga idéia.

Tolice. Ali na esquina mesmo ocorrem inimagináveis eventos. E eu aqui, perdendo tempo com linhas, embora seja um tempo perdido, mas ao menos mediocremente registrado.

Acredito que tudo valeu a pena porque ficar melhor é um trabalho de várias mãos (amigas, irmãs e primas).

E eu desisti de pensar muito sobre novas oportunidades. Pelo menos por enquanto.

Mesmo assim, ainda sobrou um restinho de fé e entusiasmo com os quais encher os pulmões. Tudo a fim de satisfazer as inexplicáveis carências da alma e tentar tapar a “parte” que ainda lhe falta. Tampe ainda que não estanque.

Não preciso estancar nada, por enquanto.

"when the cup is half empty, make it half full.."

13 comentários:

Bruno disse...

Olha! Voltei. Acho que não se lembram de mim, rs, mas eu me lembro de vocês porque vinha muito aqui, e, bem... acho que não vou me identificar
=p

De qualquer forma o blog continua ótimo...

Descanso é essencial, mas engorda ;)

Tempestade disse...

É, tem horas que é uma canseira mesmo.
Então tampemos ao invés de estancar e vamos em frente!
Beijos Tempestuosos!

Ruy disse...

A verdade é que PRECISAR a gente precisa mesmo é de muito pouco, não acha?

Mauri Boffil disse...

Ai, nem me fala...
Faço das palavras de Julieta venegas minhas
...Estou tão cansado das cancções de amor que sempre pregam um final feliz, bem sabemos que na vida nunca funciona assim...

Renato Fierce disse...

Uau, acho q estou passando por algo parecido, tb não estou me importando para algumas oportunidades............. quero paaaaz rs!

as viciadas disse...

Tem dias que a gente tá fisicamente cansado, mas pior é cansar de esperar. Pior é perder o entusiasmo da vida, por estar cansado.

Força na perucaaa!

Eu já disse que gosto deveras daqui?
Estou linkando my darlings!

Beijones, L.

Theo disse...

Pensar "nele" me cansou. E é engraçado que agora q eu não me preocupo tanto com o q pensar, não tô pensando em nada... A cabeça tá meio 'oca', sabe?? haha
Preciso d alguma coisa pra ocupar meu pensamento!!

Abço ^^

Leandro K. disse...

Em períodos de baixa, recuperamos energias para a próxima reviravolta!

André Mans disse...

e é garantido que esse cansaço mal começou e a gente no fim, perceberá que amou esse cansaço. afinal, foi sentimento vivo.

Luix disse...

Simples e inteligente!

Gostei daqui.

Ah! E alguém avisa o Leonardo que começar qualquer coisa em francês é um eterno e lindo cliché!

haha : )

Henrique Vilarins disse...

Descanso sempre é bom.

legal o blog. =)

Marcos Campos disse...

Olá !
Primeira vez por aqui, muito legal o blog!

Bell Bastos disse...

A paixão é uma coisa estranha... Porque quanto todo o nosso mundo gira em torno 'dele', a gente se sente meio sem ar, sem tempo, sem descanso...

E quando a paixão acaba (ou a gente está tentando fazê-la acabar) tudo parece tão parado, vazio, alienado...

Beeeijos,
Bell.

Related Posts with Thumbnails