31 de agosto de 2010

Do começo ao fim???

... "Depois de quase um ano morando lá, recebi esse recado e então..."

Trocamos alguns recados no orkut e veio o pedido dele pra me add no msn. Não achei estranho o pedido mto embora tenha me passado na cabeça qqer interesse da parte dele. Adicionei assim mesmo.

No início eu tinha preguiça. Não respodia aos chamados no msn, não dava mta conversa e na maioria das vezes me mantinha offline. Ele insistia em conversar sempre alegando que não tinha ngm online no msn dele. Algumas semanas se passaram dessa forma e fui me rendendo... até que quando menos esperei, não conseguia dormir sem falar com ele. As coisas já estavam mto transparentes em relação ao que um tava sentindo pelo outro até que um belo dia, abrimos o jogo e começamos a "namorar".

Todos os dias até as madrugadas no msn, uma paixão louca!!! Mas essa história de namoro pela net, se vendo apenas pela webcam..... Isso não funciona. Fui perdendo a graça daquilo e depois de um tempo decidi que não dava mais. Disse pra ele que era melhor a gte dar um tempo. Viver na espectativa de um dia (que nem previsão tinha) se encontrar não tava me agradando. Então disse pra ele que a gte devia dar esse tempo. O dia que a gte se encontrasse, se rolasse, a gte veria se dava mesmo certo. Obviamente ele não ficou mto feliz com isso. Relutou, disse que não, mas acabou cedendo. E durante os próximos dias ele desapareceu!

Uma semana mais tarde por volta das 7 da noite meu telefone toca. Era ele. Eu tava na casa de um amigo cuidando de uma gata mas nessa hora eu estava sozinho no quintal da casa e resolvi atender... Depois de ouvir o meu "alo", ele me disse assim: "To aqui pertinho de vc". Minha primeira reação foi olhar de canto a canto do quintal. Ele me disse que estava na cidade e que ficaria por alguns dias....

Cidade pequena, a fofoca é coisa perigosa... Com todo o cuidado, nos encontramos depois de um ou dois dias e depois disso, todos os dias a gente dava um jeito de dar uma escapada. E logo depois veio o final de semana. Sozinho em casa era mto tranquilo de receber ele. Foi avassalador!!! Paixão arrebatadora... Tudo mto novo e tudo mto intenso! Passou o final de semana e voltamos a nos encontrar às escondidas, num lugar mais distante. Costumávamos nos encontrar depois das 3 da tarde e nunca passamos das 7. Geralmente a gte esperava o pôr-do-sol, ficava mais um tempo e saia. Fazia mto frio e eu não queria deixar qualquer evidência de absolutamente nada. Foram momentos maravilhosos, de mta doçura, mto carinho e mta verdade.

No último dia dele na cidade, estávamos nesse lugar que acabou virando o "nosso lugar" e durante um momento de silêncio, nós ali esperando o "nosso" último pôr-do-sol, ele tirou um cordão que usava e colocou no meu pescoço. Me deu um abraço apertado e ficamos abraçados por um bom tempo. Tirei um anel que eu usava e coloquei no dedo dele. Foi um momento mto mágico... parecia cena de filme. Meio que trocamos alianças... Falei com ele que independente do rumo que as coisas pudessem tomar, que tudo tinha sido absolutamente perfeito! Nada ficou a desejar e que aqueles momentos tinham sido os momentos mais felizes de minha vida. Com os corações apertados nos despedimos e fomos embora.

No outro dia ele saiu cedo e foi pra uma cidade próxima para de lá pegar o ônibus que o levaria até sua cidade. Não resisti... Fugi do trabalho e corri pros braços dele. Fui pra essa cidade e depois de mta loucura, conseguimos um hotel. Passamos o dia inteiro grudados. Nem de almoço nos lembramos. O ônibus dele partia às 18 horas e tentamos aproveitar o máximo que podíamos daquele dia. Chegada a hora fomos ao encontro do ônibus e depois de uma despedida quase fúnebre, ele entrou no ônibus e eu fiquei sentado na moto esperando o carro sair.

Com os olhos cheios d'água eu voltei pra minha casa sem conseguir pensar em alguma desculpa pelo sumisso.

Mas uma pergunta já me atormentava....

- Seria esse o nosso último pôr-do-sol? -

9 comentários:

Leandro dos Prazeres Costa disse...

Historias que me abalam.

S.A.M disse...

Espero eu que não.

Nossa, de coração torço muito para que não seja.
Pior me emocionei aqui ó...

Se cuida ae Leo!

Autor disse...

Fiquei semanas aqui esperando por esse capítulo.
Dae tem um final assim, com esse cliffhanger de tirar o fôlego. Meu Deus, aguento não!
Quero mais!
www.confissoesaesmo.com

Antonio de Castro disse...

dá uma sensação de que a gente tem que ser feliz. nem que seja por uma semana apenas.

aliás, uma semana é muito, você sabe, né?

Leonardo disse...

Obrigado pelo carinho S.A.M... Vc sempre mto gentil!

Autor, espere que logo logo tem mais.. rsrs

Mas enfim, mudei a foto do post... Coloquei a foto que eu mesmo tirei. Era exatamente essa a imagem que a gte tinha, enquanto abraçados, esperando o último raio sumir...
Deu vontade de compartilhar isso com vcs!
:)

Beijos pra todos vcs...

Un ragazzo disse...

Ae Leo, curti o post! E quem bom saber de mais detalhes da história que vc já tinha me contado um pedaço...rs

Espero que dê certo entre vcs. Estou aqui na torcida.

Abração!

R.

Theo disse...

Que lindo!!

Espero que venham outros pôr-do-sol... que venham também alguns dias nublados, umas luas cheias... um pouco de chuva...

Felicidades.

Abço ^^

K. disse...

é preciso fazer com q não seja

dexland disse...

Me emocionei mto, espero q nao seja o ultimo, torço por vocês, vai dar tudo certo, mas a estrada é longa.

Seguindo aqui.

Related Posts with Thumbnails